Desde seu estrondoso começo, Beowülf colhe frutos fantásticos em sua carreira – tudo debaixo de uma bandana e um capuz escuro, algo que chamou atenção dos fãs imediatamente. Beowülf destaca-se na cena com produções de grande qualidade que vão direto para as playlists do público e para os cases dos DJs. Suas faixas são tocadas frequentemente por alguns dos mais relevantes artistas nacionais, como Vintage Culture, Sevenn, Cat Dealers, Gustavo Mota e Gabriel Boni; internacionalmente, por nomes como SNBRN, Dr. Fresch, Volac, Dustycloud e Bijou.

Com produções repletas de detalhes e viradas inesperadas, o DJ tem grande foco no bass house em suas tracks. Com pouco mais de um ano de existência, Beowülf já tocou nos maiores clubs do país e nas duas edições do Ultra Brasil além de ter feito colaborações com talentos inquestionáveis da cena brasileira, como Cat Dealers, Felguk, KVSH, Öwnboss e Jørd. Na Internet, seus fãs são cada vez mais presentes – mais de 40% dos seus seguidores são engajadores ativos e muitos deles vão assistir aos shows usando a mesma bandana do artista.

Entre seus lançamentos, Beowülf já passou pela Mix Feed e por diversos outros selos, como Sony Music, Só Track Boa, Deepink, House Mag Records e Phouse Records. A DJ Mag, em seu retorno ao Brasil, fez questão de fazer uma matéria sobre Beowülf na sua edição impressa disponibilizada em julho de 2017, e alguns dos maiores veículos da dance music do Brasil, como a Phouse, a House Mag e a Stereo Minds, já deram a dica: fique de olho em Beowülf

Review

ULTRA MUSIC FESTIVAL 2017

Playlist

Review

Beowulf + Healing

Playlist